Porque assim sei lá como ficar à espera
De um leve sopro do teu ar,
Na minha pele ao passar...

Sem comentários:

Enviar um comentário